SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Sindicatos majoritários protocolam na Sanepar contraproposta para o ACT

Sindicatos majoritários protocolam na Sanepar contraproposta para o ACT

Publicado em 0 Comentário

Após avaliar a proposta apresentada pela Sanepar no dia 30 de maio, em Curitiba, para o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2018/2019, os Sindicatos majoritários elaboraram uma contraproposta com base nos anseios, sugestões e críticas levantados junto aos trabalhadores e trabalhadoras.

O documento assinado pelos presidentes do SINDAEL, SAEMAC, SINDAEN e STAEMCP foi protocolado na segunda-feira (4/06) junto ao diretor Administrativo, Sérgio Ricardo Veroneze.

Clique aqui para ler o ofício.

O primeiro ponto reivindicado é a retirada da ação coletiva ajuizada pelos Sindicatos requerendo a promoção e diferenças referentes à Avaliação do Sistema de Gestão por Competência de 2009 como condição para que seja concedido o reajuste de 4,04% no ACT 2018/2019.

As entidades sugerem à empresa, caso não aceite suprimir essa cláusula, para que apresente uma alternativa no sentido de comtemplar os trabalhadores e trabalhadoras que possuem ação em andamento.

A contraproposta defende também que seja aplicada a correção do INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), acumulado desde a última data base, nos valores referentes à Gratificação de Férias, Vale Alimentação, Auxílio-creche e no valor fixo do Abono Indenizatório.

Dirigentes dos Sindicatos majoritários estão reunidos nesta terça-feira (5/06), em Curitiba, para analisar os próximos encaminhamentos a serem adotados em relação às negociações com a Sanepar, com vistas a assegurar os atuais direitos e garantir que nenhuma decisão que venha causar prejuízos à categoria.

PPR 2017

Os Sindicatos majoritários também protocolaram junto à Sanepar outro ofício cobrando reunião para discutir o PPR (Programa de Participação nos Resultados) referente a 2017, a formação de uma Comissão Paritária para tratar das pendências dos trabalhadores e trabalhadoras e outros assuntos.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *