SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Privatização caminha a passos largos dentro da Sanepar

Privatização caminha a passos largos dentro da Sanepar

Publicado em 0 Comentário

Com essa medida, a Sanepar abandona os serviços de coleta e tratamento do esgoto sanitário nos pequenos municípios considerados menos lucrativos

Em meio à troca de governo e no momento em que a maioria da população está com as atenções voltadas para o segundo turno da eleição para presidente da República, a Sanepar solta um “Comunicado ao mercado”, anunciando mais uma etapa da privatização de serviços internos.

É isso mesmo! Meio que na surdina, já que a população paranaense, a maior acionista da empresa de saneamento, não tem acesso a esse tipo de informação, eles querem passar para grupos privados os serviços de coleta e tratamento do esgoto sanitário de 110 municípios do Paraná.

Embora não tenha sido divulgada ainda a lista, são cidades de menor porte no Estado nas quais a Sanepar ainda não fez este tipo de investimento, provavelmente por considera-los não lucrativos. Resta saber se empresas privadas aceitarão.

De acordo com o Comunicado, o Conselho de Administração da Sanepar aprovou no dia 3 de outubro o lançamento do PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse) para que empresas privadas apresentem estudos e propostas com os valores que irão cobrar para fazer esse tipo de serviço, que atualmente é uma das principais atividades da Companhia e a razão de sua existência.

Essa medida é mais uma etapa para que grupos privados tomem posse da empresa, seguindo a política de desmonte imposta pelo governo Michel Temer (MDB), que entrega o patrimônio público do País a especuladores nacionais e internacionais.

Todo mundo está cansado de saber que esse tipo de parceria (público-privado) significa aumento das tarifas pagas pelos consumidores, redução do número de trabalhadores, terceirização e precarização dos serviços oferecidos.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *