SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Majoritários decidem: sem definição do ACT trabalhadores vão parar!

Majoritários decidem: sem definição do ACT trabalhadores vão parar!

Publicado em 0 Comentário

Sindicatos deram prazo até sexta-feira (10/05) para que a proposta do ACT seja apresentada

Paciência tem limite! Cansados com a demora para o CCEE (Comitê de Controle das Estatais) se posicionar a respeito da contraproposta a ser apresentada para as reivindicações dos trabalhadores e trabalhadoras em relação ao ACT (Acordo Coletivo de Trabalho), os Sindicatos Majoritários decidiram cobrar respostas da Sanepar.

Como a última rodada de negociação ocorreu há cerca de dois meses e a pauta de reivindicações foi entregue em dezembro, já deu tempo mais do que suficiente tanto para a empresa quanto para o órgão encarregado apresentar uma definição acerca do que vai ser apresentado.

Em reunião realizada na última sexta-feira (3/05), em Curitiba, dirigentes do SIQUIM-PR, questionaram a gerente da GGPS, Daniela Fiaoramosca, sobre o andamento do ACT.

Segundo Elton Marafigo, a gerente alegou que o CCEE tem uma ordem para analisar as demandas das empresas estatais e, no caso da Sanepar, o resultado da última Assembleia Geral estava na frente do ACT.

Essa justificativa, tal qual as apresentadas sempre pela Sanepar para negar avanços, não se sustenta. Não dá para acreditar que a CCEE tem uma fila de processos para analisar e a que diz respeito ao reajuste dos trabalhadores e trabalhadoras da Sanepar não é considerada prioritária.

Tempo de sobra

São quase dois meses para ver o que foi discutido na mesa de negociações, mas todos sabem que o único ponto que gera impasse é o que diz respeito ao aumento real nos salários. Se essa demora toda é porque estão avaliando de quanto vai ser o índice, sem levar em conta a reposição da inflação, pode até ser que a proposta seja aceita pelas Assembleias. Mas se o resultado for diferente disso, a insatisfação dos trabalhadores e trabalhadoras como essa postura de descaso poderá ser manifestada com a paralisação das atividades na Sanepar.

Todos esperam ser valorizados pelo papel que exercem perante a companhia e sabem que o excelente desempenho dá margem para que isso seja colocado em prática.

É por isso que os Sindicatos majoritários já deixaram claro para a diretoria da Sanepar: se não tiver proposta decente até a semana que vem os trabalhadores e trabalhadoras vão parar!

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *