SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


CCEE reafirma intenção de cortar o Abono Indenizatório

CCEE reafirma intenção de cortar o Abono Indenizatório

Publicado em 1 Comentário

Dirigentes dos Sindicatos majoritários se reuniram ontem (10), na sede do SINDAEN, para definir estratégias

Na segunda-feira (10/06), dirigentes do SAEMAC e do SIQUIM-PR estiveram reunidos com a diretora Administrativa da Sanepar, Priscila Marchini Brunetta, para cobrar um posicionamento da empresa sobre o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho).
A diretora informou que hoje a CCEE (Comissão de Controle das Empresas Estatais) encaminharia uma proposta formal em relação à proposta definida entre os Sindicatos majoritários e os representantes da Sanepar na Comissão de Negociação.
No final da tarde do dia 10, a CCEE se posicionou oficialmente e, como havia sido dito, definiu pelo corte do Abono Compensatório de Final de Ano. Este direito é fruto de intensa mobilização dos trabalhadores e trabalhadoras da Sanepar, que equivale a 110% do salário, mais um valor fixo.
Diante desta situação, dirigentes sindicais irão se reunir nesta terça-feira (11/06) com o vice-governador do Paraná, Darci Piana, com o objetivo de ressaltar o papel dos trabalhadores e trabalhadoras da Sanepar, questionando, por isso, o corte do Abono de Final de Ano, direito este que é fundamental a maioria que ganha salários mais baixos.

PROPOSTA

Em reunião realizada nesta segunda-feira (10/06), os Sindicatos majoritários decidiram realiza Assembleia Geral Unificada a partir do dia 24 de junho, após o feriado prolongado de Corpus Cristi, para dar tempo de mobilizar o maior número de trabalhadores e trabalhadoras no movimento contra o corte do Abono Indenizatório e pela valorização dos saneparianos e saneparianas.
Segundo Marco Antonio De Paula Santana, presidente interino do SINDAEL, os Sindicatos estão cumprindo tudo o que a legislação exige para que a Greve transcorra de forma legal, respeitando os prazos para publicação de editais, comunicados ao governo do Estado, à direção da Sanepar e a outros órgãos responsáveis por chegar neste nível as negociações do ACT 2019/2020.
“Contamos com a participação de todos os trabalhadores e trabalhadoras neste movimento para pressionar a apresentação de uma proposta decente, garantindo a manutenção de todos os atuais direitos, aumento real nos salários e demais verbas, como forma de reconhecimento, pela Sanepar do valor do nosso trabalho.

  • wilson

    na minha opinião as votações deveriam ser pra ontem,todo ano assim,nossa data base é março,então já que é pra fazermos algo tinha que ser já dia 2 de março,não podemos esperar muito tempo!cansados de todo ano esse empurra-empurra……

    11 de junho de 2019 at 12:22

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *