SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Nota de Repúdio

Nota de Repúdio

Publicado em 0 Comentário

O presidente interino do SINDAEL, Marco Antonio De Paula Santana, e demais diretores e diretoras que se mantêm firmes em defesa da entidade e dos trabalhadores da Sanepar repudiam veementemente as atitudes de membros da atual gestão do Sindicato que abandonaram suas funções e passaram a adotar práticas antissindicais.

Ao invés de lutar pelos interesses dos saneparianos e saneparianas, esse grupo se aliou a trabalhadores não filiados para atacar o SINDAEL pelo desconto da Contribuição Assistencial/Negocial, que foi aprovada democraticamente na Assembleia Geral. E o pior, a própria Sanepar só aceitou assinar o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2019/2020 com a inclusão de uma cláusula determinando que esse desconto seja feito apenas dos filiados, em flagrante desrespeito à deliberação da Assembleia dos trabalhadores.

Essa taxa está prevista na legislação trabalhista e sempre foi cobrada pelo SINDAEL e demais entidades de representação dos trabalhadores da Sanepar, servindo para custear as despesas com as negociações que resultam em ACTs.

Com o que é arrecadado o Sindicato banca as viagens a Curitiba e às cidades da base, onde são realizadas Assembleias, publicação de editais e outros gastos decorrentes das atividades necessárias para garantir direitos. As idas para Curitiba são de ônibus de linha e os demais deslocamentos feitos com carro particular dos diretores, pois o veículo do Sindicato foi colocado em nome de terceiros pelo grupo que administrou a entidade até o ano passado.

Esses diretores sabem da importância da Contribuição para manter o SINDAEL e também são testemunhas de que todos os direitos e conquistas obtidos nas negociações com a empresa beneficiam todos os trabalhadores e trabalhadoras da Sanepar, independente de serem ou não filiados.

Eles também sabem muito bem da situação lamentável em que a nossa entidade se encontra pela falta de transparência na gestão até o início de 2018, época em que a Justiça do Trabalho decretou a intervenção do Sindicato diante das irregularidades constatadas.

Desde que estamos à frente do SINDAEL estamos fazendo tudo o que é possível para reequilibrar as contas, sem, no entanto, deixar de lado as lutas para manter as conquistas obtidas ao longo de anos.

Mesmo com os problemas de caixa, cumprimos todos os trâmites necessários para renovar o ACT2019/2020, bem como o ACT do PPR (Programa de Participação nos Resultados), n o ACT das Escalas de Revezamento nas ETAs e ETEs, beneficiando mais de 50 operadores que há anos esperavam por isso. Também estamos há mais de um ano à disposição dos trabalhadores e trabalhadores para sanar dúvidas ou resolver demandas que nos foram apresentadas, honrando o voto de confiança que nos foi dado.

Mas, infelizmente, por estar chegando mais um processo eleitoral para escolha da nova diretoria do SINDAEL, aqueles que deveriam pregar a união e atuar pelo fortalecimento das lutas dos saneparianos e saneparianas se prestam a fazer o jogo da empresa, jogando uns contra os outros e denegrir a imagem do Sindicato.

Independente desse jogo desleal, continuamos levando em frente nossa missão de recuperar o tempo perdido e cumprir com a missão que nos foi delegada, contando sempre com o apoio dos trabalhadores e trabalhadoras que sabem da seriedade do nosso trabalho e dos nossos propósitos.

Para atingirmos os objetivos precisamos da participação de todos nas Assembleias convocadas pelo SINDAEL, onde são deliberadas democraticamente as ações que nortearão nossa entidade em busca de melhores salários e de condições de trabalho.

Contando com a compreensão de todos nos colocamos à disposição para quaisquer esclarecimentos que se fizerem necessários. Contatos com o SINDAEL podem ser feitos pelo telefone (43) 3336-7109 ou pessoalmente em nossa sede, localizada na Avenida 10 de Dezembro, 1.205, em Londrina.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *