SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Matinhos: SINDAEL faz ajustes nas normas para uso da Colônia de Férias

Matinhos: SINDAEL faz ajustes nas normas para uso da Colônia de Férias

Publicado em 0 Comentário

As mudanças nas normas valorizam trabalhadores associados ao SINDAEL

Com o objetivo de organizar melhor as regras de utilização da Colônia de Férias do SINDAEL, localizada na Praia de Matinhos, a Diretoria fez alguns ajustes nos procedimentos para fazer as reservas, bem como na conduta a ser seguida pelos associados.

Para valorizar aqueles que acreditam e investem na organização dos trabalhadores da Sanepar pagando de forma voluntária suas mensalidades, a prioridade da estadia será dos filiados ao SINDAEL e seus dependentes.

Estes poderão levar convidados, só que para isso deverão apresentar, com antecedência, no ato da reserva, a lista das pessoas que irão levar para a Colônia de Férias.

Para evitar a superlotação, não serão permitidos colchões adicionais nos apartamentos, como forma de obedecer a capacidade de alojamento do local.

  VALORES DAS HOSPEDAGENS
 – R$ 600,00 para estada de sete dias em aposento com limite de oito pessoas (valor para  trabalhador sindicalizado mais dependentes diretos – esposa, filhos);
 – R$ 350,00 para estada de sete dias em aposento com limite de cinco pessoas (valor para trabalhador sindicalizado mais dependentes diretos – esposa, filhos);
 – R$ 25,00 de diária, por hóspede, para trabalhadores não sindicalizados em apartamento para até oito pessoas.
 É possível também levar dependentes indiretos desde que acompanhados com o titular. Dependentes diretos do associado solteiro: pai e mãe; e do associado casado: esposa(o) e filhos. Indiretos: sogro, sogra, cunhado, cunhada, noivos, sobrinhos.

“Seu direito termina quando começa o direito do outro”

Além disso, associados, dependentes e demais usuários deverão seguir as normas de conduta da Colônia de Férias, tais como os horários de entrada e saída e, especialmente, zelar pelo respeito aos outros hóspedes do local.

“Esta é uma forma de disciplinar o uso da Colônia de Férias e valorizar nossos associados, garantindo uma estada tranquila nos períodos de descanso e lazer”, salienta Marco Antonio De Paula Santana, presidente interino do SINDAEL.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *