SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Sanepar prepara novo PAI para reduzir custos e ampliar o lucro

Sanepar prepara novo PAI para reduzir custos e ampliar o lucro

Publicado em 2 Comentário

Meta da diretoria da Sanepar é economizar até R$ 6 milhões com o corte de trabalhadores qualificados para ampliar os lucros – Charge Cicero/Rede Brasil Atual

Por meio de Comunicado ao Mercado, divulgado na quarta-feira (23/10), a Sanepar informa que em 2020 será lançado uma nova edição do PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada).

Mais uma vez a direção da empresa passa por cima da mesa negociações com as entidades sindicais, sem abrir qualquer discussão com os legítimos representantes dos trabalhadores e trabalhadoras em relação às regras para adesão e vantagens a serem concedidas.

Como já ocorreu nas edições anteriores, na hora em que for implantar o PAI a Sanepar vai cobrar dos Sindicatos a realização de Assembleias necessárias para homologar esse processo de redução de quadros, mesmo sabendo que a postura do movimento sindical é contrária a programas desse tipo, pois não têm nada de voluntários.

O SINDAEL continua firme em sua posição em defesa dos direitos e dos empregos dos trabalhadores e trabalhadoras, sabendo que o PAI é mais uma medida que visa atender aos interesses dos acionistas, preocupados sempre com a redução dos custos operacionais da empresa para ampliar ainda mais o lucro fácil.

Falta responsabilidade social

A meta da diretoria da Sanepar é reduzir de R$ 5 milhões a R$ 6 milhões com os gastos com pessoal, mas em nenhum momento a empresa fala em investir em manutenção de equipamentos, na preservação dos mananciais que fornecem sua matéria prima, a água, recurso natural que anda em falta neste período de estiagem prolongada.

Com uma visão voltada única e exclusivamente para atender ao mercado, essa diretoria deixa de lado sua responsabilidade social ao abrir mão de profissionais altamente qualificados que atuam na área operacional. Basta ver, por exemplo, a questão dos leituristas, setor que está sendo terceirizado e causando muitos transtornos.

É triste ver que não há preocupação com a qualidade dos serviços oferecidos para os consumidores paranaenses, porque para eles água não passa de mercadoria colocada à venda para quem ainda tem condições de comprar.

  • Solange Mallanott

    Vai sair o PDV também??

    31 de outubro de 2019 at 12:35
    • armando

      Sim. A Sanepar já está preparando o PDV para o início de 2020.

      31 de outubro de 2019 at 13:59

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *