SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Reunião sobre o ACT 2020/2021 se limitou à leitura das reivindicações

Reunião sobre o ACT 2020/2021 se limitou à leitura das reivindicações

Publicado em 0 Comentário

Comissão de Negociação da Sanepar deixou clara a intensão de cortar o Abono Indenizatório e outras conquistas

Na reunião realizada nesta terça-feira (11/02), em Curitiba, entre dirigentes dos Sindicatos Majoritários a Comissão de Negociação da Sanepar, foram apresentadas as 77 cláusulas da pauta de reivindicações aprovada na Assembleia Unificada dos trabalhadores e trabalhadoras.

Representantes da empresa não trouxeram nenhuma contraproposta, mas sinalizaram com a intensão, pela CCEE (Comissão de Controle das Empresas Estatais), de voltar à carga contra o Abono de Final de Ano, deixando claro, nas entrelinhas, que qualquer avanço só será possível se houver a concordância de abrir não de algum direito.

Nas negociações do ACT 2019/2020, a Sanepar havia ameaçado cortar o Abono de Final de Ano e parcelar o 13º Vale-alimentação, alegando imposições feitas pela CCEE, mas, no final, a pressão dos trabalhadores e trabalhadoras falou mais alto, levando a diretoria da empresa a volta atrás nesse ataque aos direitos.

“Não podemos admitir o corte de nenhuma conquista, ainda mais se for levado em conta o lucro líquido que a Sanepar teve em 2019, que passou de 1 bilhão de reais. Nós, trabalhadores, fizemos nossa parte e na discussão do ACT isso é preciso ser levado em conta”, afirma Cícero Gomes de Souza, diretor do SINDAEL.

Segundo Cícero, na pauta de reivindicações tem várias cláusulas estabelecendo a abrangência dos avanços junto à direção da Sanepar somente aos filiados e filiadas ao SINDAEL, levando em conta que são eles os responsáveis pela manutenção da entidade e pelos investimentos que são feitos na mobilização d@s saneparian@s.     

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *