SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Sindicatos repudiam conduta da gerente da GGPS nas negociações do PAI

Sindicatos repudiam conduta da gerente da GGPS nas negociações do PAI

Publicado em 0 Comentário

Gerente da GGPS da Sanepar, Daniela Fioramosca (à esq.), adota postura antissindical na tentativa de impor aprovação do PAI  a qualquer custo

Sindicatos de diversas categorias profissionais de trabalhadores que atuam na Sanepar divulgaram Nota de Repúdio na quinta-feira (27/02), contra a atitude antiprofissional adotada pela gerente da GGPS (Gerência de Gestão de Pessoas), Daniela Hilário Fioramosca, no processo de negociação das regras do PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada).

Ao invés de discutir com as entidades a contraproposta apresentada à direção da empresa, a Sra. Daniela vem fazendo diversos ataques aos Sindicatos nas reuniões realizadas nas regionais para apresentação do PAI aos trabalhadores e trabalhadoras.

A Nota ressalta que a proposta desse Programa foi definida de forma unilateral e que os Sindicatos não concordam com algumas imposições, como a desistência de ações requerendo direitos não pagos pela Sanepar aos trabalhadores, o que certamente vai causar prejuízos àqueles que aderirem ao PAI.

A gerente também vem tentando jogar os saneparianos contra as entidades sindicais para que convoquem o quanto antes Assembleias para aprovar o PAI do jeito que a empresa quer, mesmo sabendo que o papel dos Sindicatos é justamente a defesa dos direitos dos seus representados.

Esse tipo de postura do segundo escalão da Sanepar deixa ainda mais claro que o objetivo de sua diretoria é voltado somente para atender aos interesses políticos do governo de plantão e dos acionistas, tratando com descaso seu quadro de pessoal responsável pela obtenção de lucros cada vez mais altos.

Leia abaixo a Nota de Repúdio dos Sindicatos:

 

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *