SINDAEL - SINDICATO DOS TRABALHADORES EM ÁGUA, ESGOTO E SANEAMENTO AMBIENTAL DE LODRINA E REGIÃO


Sanepar tenta empurrar de qualquer forma o PAI sem negociação com Sindicatos Majoritários

Sanepar tenta empurrar de qualquer forma o PAI sem negociação com Sindicatos Majoritários

Publicado em 0 Comentário

Diretoria da Sanepar usa categorias minoritárias para fazer valer sua proposta de regulamento para o PAI

Adotando a mesma postura de anos anteriores, a diretoria da Sanepar vem “empurrando com as coxas” as negociações sobre o ACT (Acordo Coletivo de Trabalho) 2020/2021 e o PAI (Programa de Aposentadoria Incentivada), aproveitando agora as limitações impostas pela pandemia do novo coronavírus (Covid-19).

Sobre o ACT, a empresa sugeriu aos Sindicatos a realização de Assembleias virtuais, demonstrando total falta de conhecimento sobre os locais de trabalho, dificuldades de acesso à internet e outras limitações que impedem uma ampla discussão em torno de uma questão de tamanha importância para todos.

Em relação ao PAI, a Sanepar se recusa a negociar a contraproposta apresentada pelos Sindicatos Majoritários e agora está usando as entidades minoritárias como massa de manobra, da mesma forma como já fez anteriormente, para mostrar que o regulamento está sendo aceito pelos trabalhadores.

“Esses Sindicatos representam menos de 10% do quadro de pessoal da empresa, composto por profissionais, tais como economistas, contabilistas, médicos, técnicos em segurança no trabalho, advogados, administradores, jornalistas, professores, assistentes sociais, engenheiro e outros minoritários com cadeiras vitalícias na Sanepar.

Todos ganham salários bem mais altos do que recebem os trabalhadores da área operacional, estando, portanto, numa situação privilegiada”, salienta Marco Antonio de Paula Santana, presidente do SINDAEL.

Segundo Marco, os Sindicatos Majoritários não abrem mão de negociar vantagens para os trabalhadores e trabalhadoras que estão aposentados ou prestes a se aposentar, mesmo porque aceitar, do jeito que está a proposta da Sanepar para o PAI, eles terão que abrir mão de uma série de direitos. “É um dinheiro que, com certeza, fará falta”, ressalta.

 ACT

No último dia 18/03, a Comissão de Relações Sindicais da empresa apresentou uma proposta que previa somente a aplicação de 3,92%, que é a inflação acumulada nos últimos 12 meses, calculada pelo INPC (Índice Nacional de Preços ao Consumidor), nos salários e demais verbas, manutenção dos atuais direitos por dois anos.

As entidades majoritárias discordaram de alguns pontos e solicitaram mais tempo para negociar o ACT, levando em conta as medidas de isolamento social determinadas pelas autoridades para evitar a disseminação do novo coronavírus.

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *